Partilha... faz um ano...

Discretamente, sem que me desse conta, fez um ano que me “apaixonei” por estas questões da nutrição, da fisiologia associada à digestão, ao metabolismo e toda a ciência associada (ou quase toda, que nem eu sou tão masoquista… )

Fez um ano que iniciei pesquisas, devorei (e mastigo ainda…) documentários, livros, sites, Podcasts…neste último ano não só obtive resultados pessoais, de emagrecimento e saúde, como tive a felicidade de influenciar alguns familiares e amigos e de testemunhar os seus bons resultados. Não podia ficar mais satisfeito!

Há medida que descobria todo um novo e surpreendente mundo de nutrição (“descascando” as camadas de mito, lugares comuns e ignorância que todos nós tomamos como verdades….) senti necessidade de ir esclarecendo, comentando, também “desfazendo” alguns Mitos, até os que perduram dentro da nossa “comunidade Paleo”… A minha participação activa em Grupos Facebook (inclusive alguns aos quais já nem pertenço) foi aumentando e de simples respostas a comentários, “atrevi-me” a começar a fazer posts próprios, imaginem só! 😉 😁

Entendo que os imensos benefícios que obtive (com destaque para a saúde) com as mudanças na dieta e as vantagens e melhorias que estas mudanças podem trazer a pessoas que se debatem com problemas de saúde como doenças metabólicas, auto-imunes entre outras, quase me “obrigam” a espalhar esta “mensagem”. Sinto-me como um missionário a “evangelizar” os descrentes… 😉 ou um Santo António a pregar aos peixes (enquanto os come grelhadinhos com manteiga… 😉).

Neste percurso participei / participo de vários Fóruns, sites, Grupos Facebook, nacionais e estrangeiros, fui convidado a moderar alguns (tive a honra de aceitar 2 desses convites) e fui criando um estilo próprio (o do chato, sabichão e enfadonho, é verdade…mas todos têm o seu papel lugar e direito à vida.. 😉)

Ao longo deste período venho assistindo à crescente maturidade de alguns Grupos em particular e da Comunidade Paleo / Primal no geral. Orgulho-me deveras que grupos que ajudo a gerir, sejam muito mais do que grupos para partilha de receitas e sobretudo o facto de hoje em dia a esmagadora maioria de pratos partilhados NÃO SEREM de doçaria Paleo… Lembram-se certamente, há meses atrás, sobretudo noutros grupos, do exagero de publicações de doces Paleo e completamente descontextualizadas, levando à confusão e ao engano… Imaginem um novo membro, atraído para esta nossa opção de nutrição e estilo de vida, porque ouviu dizer que tem extraordinários resultados para emagrecimento e melhoria de saúde porque provavelmente viu publicações de testemunhos, casos de sucesso…chega a um grupo e verifica que 8 em cada 10 posts são receitas de doces… PARECE-VOS FAMILIAR?! 😉 😁 Essa pessoa vai pensar que apesar dos 30kg que tenciona perder pode “entupir-se” em doces porque são Paleo…e se são, não vão prejudicar esse objectivo.

Quando fazemos publicações dessas, sem uma eventual ressalva de que se trata de um mimo, um “pecadilho” isolado, inofensivo se integrado num estilo de vida globalmente mais restrito em açúcar, podemos estar a PREJUDICAR alguém, que ainda não tenha tido tempo de realmente perceber este conceito…

Hoje vejo os grupos mais despertos para as questões dos mecanismos fisiológicos, metabólicos e para a compreensão dos “mecanismos”… Se continua a haver um enorme foco na partilha de receitas (essencial para perceberem que de todo NÃO se trata de dieta(s) de sacrifício, sem sabor e prazer na alimentação) e na partilha de posts motivacionais e de encorajamento pelo exemplo e partilha de bons resultados (tão úteis para credibilizar com casos reais…), já existe um cada vez maior número de pessoas bem informadas, esclarecidas, curiosas de aprender mais e partilhar conhecimento. Cada vez mais existem pessoas com uma genuína e desinteressada vontade de ajudar o próximo a atingir objectivos de saúde e bem estar, activas nos grupos e nos seus projectos. Bem hajam!

Fico especialmente satisfeito com essa tendência e do modesto contributo que vou tendo para a mesma… 😉

Doceiras
Por último, faço um apelo pessoal… peço encarecidamente às fantásticas Doceiras e excelentes fotógrafas dos grupos que parem de publicar fotos tentadoras!! É que eu já não tenho tempo para nada, quase não tenho vida própria e com as vossas fotos provocadora existe uma forte probabilidade da minha mulher me entregar o avental e mandar horas prá cozinha!! Tenham dó!! A minha queridíssima companheira nunca ouviu falar da emancipação masculina… 😥

 

 

 

Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here