Tempos em que era um verdadeiro “homem das cavernas”…

Há uns anos atrás era daquelas pessoas que dizia que os livros electrónicos (ebooks e outros formatos) dificilmente substituíram o papel. Aquela sensação táctil de folhear o livro, de marcar as páginas com o nosso marcador favorito (ou com um módulo / bilhete de autocarro ou outros marcadores de improviso…). Até mesmo a relação afectiva das páginas com cheiro a novo, ou a bafio de um livro antigo que vamos reler pela 4a ou 5a vez, um velho e fiel amigo, no fundo…

Dizia eu então que muito dificilmente algo digital substituiria isso e eu era aquela personagem que andava sempre com um livro para todo o lado e que não concebia a possibilidade de esperar transportes ou fazer viagens sem um livro… que quando se aproximava o final previsível de um livro, andava com dois, para não arriscar acabar um sem ter “suplente”… 😉

Um dia, porque não conseguia um dos livros que faltava numa colecção, mesmo encomendando pela Amazon, experimentei a versão ebook… realmente é como dizem: primeiro estranha-se, depois entranha-se… 😉

De repente apercebi-me que podia ter, num tablet ou num telemóvel de generoso écran, uma verdadeira biblioteca! Imensos livros ao dispor, sem necessidade de “carregar” com eles, sem correr o risco de acabar um sem ter outro logo disponível! Nesse dia rendi-me aos ebooks… 😉

Podcasts… Uma forma eficiente de “consumir” informação

Já tinha naturalmente ouvido falar de Podcasts e até já tinha subscrevido a “Mixórdia de Temáticas” do RAP (Ricardo Araújo Pereira), mas a intenção era básicamente ter os episódios arquivados para poder partilhar pontualmente com amigos, mas não propriamente para “consumo regular”. No fundo essa “coisa” dos Podcasts não me convencida, era mais uma “moda” a que não reconhecia particular utilidade.

Um dia descubro que um dos meus “heróis” da “Paleo”, uma das minhas figuras de referência, tinha um Podcast! O Dr. José Carlos Souto de que seguia e admirava o trabalho no seu Blog, participava de um Podcast semanal… Daí até descarregar uma aplicação para o meu Android, pesquisar e “assinar” o seu Podcast, foi uma questão de minutos! Recordo que ouvi o primeiro episódio durante uma sessão de compras no Continente… Descobri logo aí a conveniência de puder fazer pausa, retroceder e voltar a ouvir mais  uma e outra vez, para melhor apreender e fixar conceitos. Nessa altura já tinha mais de 90 episódios disponíveis e passei a ouvir aos 4 e 5 episódios por dia, num contra-relogio para me pôr em dia… 😉

Entretanto descubro Podcasts de outras pessoas brilhantes, como Mark Sisson, Chris Kresser, Robb Wolf, Diane SanFilippo, Chris Masterjohn, Jason Fung, 2 Keto Dudes, entre outros e acabei por pôr de lado os livros, mesmo os digitais.

Podcasts são práticos, acessíveis de subscrever e “consumir” e uma fonte inesgotável de informação. Posso ouvir Podcasts em situações onde não seria possível ler… posso ouvir nos transportes sem ficar mal disposto 😉, posso ouvir enquanto cozinho, lavo a loiça, aspiro, estendo ou apanho roupa (sim também faço essas coisas… 😉).

Seja para quem, como eu, tenha muito pouco tempo disponível ou para quem se queira “distrair” de tarefas aborrecidas, podcasts são excelentes formas de “absorver” informação ou mesmo descontrair com conteúdos de lazer e diversão. Existem mesmo em português, centenas de bons Podcasts, à distância de uma simples pesquisa e subscrição. Podem assinar e fazer download de episódios à vossa escolha para poderem ouvir de seguida (ou não), mesmo quando não existe Internet disponível. Vou descarregando, ouvindo e eliminando para libertar espaço. Posso marcar episódios como “favoritos” e eventualmente voltar a fazer download mais tarde, se quiser ouvir outra vez… 😉

Um telemóvel ou tablet, um par de auscultadores (para sermos egoístas com o que ouvimos ou não incomodar as pessoas à nossa volta… 😉) e uma ligação à Internet (para descarregar episódios), é tudo o que precisamos para entrar nesse “novo mundo de comunicação…😉

Conclusão…

Porquê descrever-vos toda a versatilidade dos Podcasts, para além de vos incentivar a descobrirem excelentes novas fontes de informação e entretenimento?

Basicamente porque vocês desperdiçaram as anteriores oportunidades de me demonstrarem que simplesmente não tinha jeito “para a coisa”! Inclusivamente chegaram ao ponto de me encorajar!

Agora é tarde! Já tenho microfone “a sério”, uma mesa de mistura com amplificação de microfone e canais para mais de uma fonte (útil para entrevistas  etc…).😉

Resta-me esperar que brevemente vos possa apresentar novas formas de combater as vossas insónias, que não apenas os meus longos textos…

Digam-me depois se a minha voz é suporífera… 😉 neste episódio piloto que já aqui partilhei…

Ou digam se realmente era preferível dedicar-me a coleccionar afias e abafadores vintage…

NUTRIrevolução – Paleo Primal em Português

Para Subscrever / assinar com o seu Smartphone:

Primeiro fazer download de uma aplicação. O Iphone naturalmente já tem o iTunes… para Android recomendo ou PODBEAN ou PODCAST ADDICT. Podbean será mais simples e atraente, o Podcast Addict será mais completo, com mais funcionalidades (questão de gostos…  😉 )

Podbean

Podcast Addict

Depois de instalar a aplicação basta “subscrever” o Podcast escolhendo um dos botões abaixo, consoante tenha um Android ou um Iphone:

 

Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.